************AAACARMELITAS************

Nome:
Localização: aaacarmelitas@gmail.com, Portugal

15 de julho de 2013

Solenidade de Nossa Senhora do Carmo



Aqui fica a carta-circular que o Rev. P.Frei Agostinho Castro nos fez chegar e que reputamos de muito interessante.
Solenidade de Nossa Senhora do Carmo
Carta do Comissario Geral

Caríssimos irmãos e irmãs no Carmelo
Nesta quadra festiva em que celebramos solenemente Nossa Senhora do Carmo, endereço-vos a todos uma saudação fraterna e amiga, pedindo a Deus que, por intercessão da Sua Mãe Santíssima, derrame sobre nós a sua bênção e a sua graça!
Nestes dias, em muitas terras de Portugal e do mundo, Nossa Senhora do Carmo é honrada com especial solenidade! A espiritualidade carmelita, marcadamente mariana, vê na Mãe de Deus, o modelo do discípulo de Jesus que, na Fé e na entrega total de si, faz a vontade de Deus em todos os momentos da sua vida. Ela é a mulher fiel que se deixa guiar pela Palavra de Deus
Estamos a viver o Ano da Fé. Qualquer que seja o nosso estado de vida, todos nós que pertencemos à Família Carmelita, somos convidados a renovar o compromisso de viver em “obséquio de Jesus”! Procuremos, mais com gestos e com atitudes do que só com palavras, mostrar a Fé que nos move, a Esperança que nos anima e a Caridade que nos transforma e transforma a realidade.
Neste ano de 2013, num contexto de crise humana, social e financeira, olhemos para Maria e, tal como ela, não deixemos que as dificuldades nos façam desanimar! Cada Carmelita é sinal dum mundo renovado, fundado no amor de Deus derramado em nossos corações. As nossas comunidades devem dar frutos de boas obras, em especial, obras a favor da união, da solidariedade e da partilha.
A espiritualidade carmelita é fecunda. Faz a pessoas crescerem na união com Deus e com os irmãos. Nesse sentido, deixo algumas perguntas para reflexão: Será que as nossas comunidades são espaços de espiritualidade aonde as pessoas fazem, na Fé, a experiência do encontro com Jesus Cristo morto e ressuscitado? De que é que nos precisamos de purificar para mostrarmos o verdadeiro rosto de Jesus Cristo? A vida das nossas comunidades (celebrações, regra, orações, devoções, novenas, tríduos, reuniões etc.) faz-nos crescer na Fé, Esperança e Caridade? O hábito que trazemos e o escapulário que recebemos fazem-nos ter consciência de que somos testemunhas vivas do Evangelho de Jesus?
Neste sentido e na recente Carta Encíclica Lumen Fidei, O Papa Francisco ensina que: “Devido precisamente à sua ligação com o amor (cf. Gl 5, 6), a luz da fé coloca-se ao servi­ço concreto da justiça, do direito e da paz. A fé nasce do encontro com o amor gerador de Deus que mostra o sentido e a bondade da nossa vida; esta é iluminada na medida em que entra no di­namismo aberto por este amor, isto é, enquanto se torna caminho e exercício para a plenitude do amor… A fé não afasta do mundo, nem é alheia ao esforço concreto dos nossos contemporâneos” (n.51).
Em Setembro do corrente ano, a Ordem do Carmo estará reunida em Capítulo Geral. O tema é Uma palavra de esperança e de salvação”(Const. 24): viver o carisma e a missão do Carmelo; hoje”. O Carmelita é alguém que traz esperança e sentido à realidade. Peço a todos que rezem pelo bom sucesso deste Capítulo.
Ao celebrar a solenidade de Nossa Senhora do Carmo, enchamo-nos de Esperança e Alegria. Que a Flor do Carmelo nos acompanhe e faça brotar na Igreja, em especial nos Carmelitas, a beleza do Amor e do Bem que nasce no coração daqueles e daquelas que se entregam totalmente à vontade de Deus, a exemplo de Maria!

Fátima, 10 de Julho de 2013

.
Pe Fr. Agostinho Castro, O Carm.
(Comissario-Geral)

3 de julho de 2013

SAMEIRO/2013

video