Nome:
Localização: aaacarmelitas@gmail.com, Portugal

14 de junho de 2007

COMENTÁRIOS NO BLOG

Como nem todos têm a possibilidade de andar a pesquisar comentários tomei a liberdade de os reproduzir em directo no blog para que todos os visitantes os possam ver com mais facilidade e
há alguns comentários que me vão merecer reflexão pessoal mas tal acontecerá num outro tempo que não este pois outras andanças são as minhas que não só escrevinhar neste espaço até porque outros tenho de igual género mas de diverso teor e vou ter de habituar os visitantes à minha maneira de escrever sem sinais gráficos pois é a minha maneira habitual de escrever dado que sinal gráfico válido é o ponto final no fim do texto.


jorge Dias deixou um novo comentário na sua mensagem "M A R I A P E T Y T": Maria PetytAlo Arie Kallenberg. Dos Açores (jorge23dias@sapo.pt), Ponta Delgada (296383522 ou mb 919588685), para si (esposa e filha Miranda) que sempre foi homem de em tudo se levar aos limites, e, pela certa tem essa característica em comum com Maria Petyt, uma saudação muito especial.Na continuação da abordagem da mensagem que no Carmelo (na Ordem do Carmo) me havia sido disponibilizada e que continuei a fazer na minha vida, foi necesária uma longa purificação de conteudos...tantos eram os dados acessórios que mais não faziam que criar distorção e ruído. Da leitura do texto, agora editado no vínculo (aaacarmelitas.blogspot.com) retenho uma pequena frase de constatação:"a oração transforma-se em adesão nua da vontade ao Ser não afigurado de Deus". Seria de hoje ou não seria mesmo de tantos se a frase fosse "a vida transforma-se em adesão nua da vontade ao Ser não afigurado de Deus, mas figurado nos irmãos?". A vida é oração não é?E mais adiante esta outra frase:"A luz sob a qual a alma experimenta Deus, transcende a compreensão das faculdades humanas: fantasia e imaginação, memória e raciocínio reconhecem a própria impotência e calam-se. Trata-se, por um lado, duma presença escura - escuridão que não pode ser iluminada pela razão - e por outro lado, duma presença tão intensa que ultrapassa toda a razão…”? Esta experiência é comum a todos os que alguma vez reflectiram sobre estas coisas e as viveram, não é?E ainda:“sem Mim nada podeis fazer”.Claro que não, mas somos nós que temos que fazer.
A conclusão, então, é que é divinal... perfeitamente actual e da era da globalidade.\u003cbr\>"É a história duma mulher do tempo do Barroco que conheceu ideais elevados e desejos apaixonados, acompanhados dum entusiasmo esmagador de viver e da consciência do movimento perpétuo dum mundo que se alarga cada vez mais, sem ser capaz de recuperar a tranquilidade.\u003cbr\>Porque não uma maior clarificação na perspectiva desta conclusão?\u003cbr\>Gostei. Afinal, vidas que podiam hoje não serem legíveis, apenas precisam de leitores exegetas para serem, como as nossas vidas, significativas, hoje. Maria Petyt só será significativa hoje se aprendendo com a sua caminhada pudermos ir mais além. Como faze-lo nas nossas vidas, hoje, de carmelitas que todos somos,é o desafio que lhe deixo, porque sabe muito bem que sabe faze-lo. Por Ponta Delga aos 11 de Junho de 2007.Saudades da Fátima. Jorge Dias (frei jorge)

A conclusão, então, é que é divinal... perfeitamente actual e da era da globalidade."É a história duma mulher do tempo do Barroco que conheceu ideais elevados e desejos apaixonados, acompanhados dum entusiasmo esmagador de viver e da consciência do movimento perpétuo dum mundo que se alarga cada vez mais, sem ser capaz de recuperar a tranquilidade.Porque não uma maior clarificação na perspectiva desta conclusão?Gostei. Afinal, vidas que podiam hoje não serem legíveis, apenas precisam de leitores exegetas para serem, como as nossas vidas, significativas, hoje. Maria Petyt só será significativa hoje se aprendendo com a sua caminhada pudermos ir mais além. Como faze-lo nas nossas vidas, hoje, de carmelitas que todos somos,é o desafio que lhe deixo, porque sabe muito bem que sabe faze-lo. Por Ponta Delga aos 11 de Junho de 2007.Saudades da Fátima. Jorge Dias (frei jorge) Publicada por jorge Dias em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Terça-feira, Junho 12, 2007

Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem "Comentários": olá amigos...A fotografiaos caminheiros não é da festa do Senhor Santo Cristo. Com a devida vénia, reporta-se a um acontecimento religioso muito significativo e único de São Miguel, a ROMARIA. Remonta aos tempos das primeiras grandes crises sísmicas e vulcanológicas vividas pelo povoadores apresentadas pelo clero como castigo do pecado. Hoje ninguèm acredita nisso, mas as pessoas entendem que é uma forma excelente de manifestação da sua fé e da sua religião e tem conquistado participanates em extractos culturais evoluidos. O participante na Romaria denomina-se Romeiro e o grupo de Rancho. A deslocação pela Ilha em caminhada faz-se sempre a rezar o terço e o grupo é orientado por um romeiro que se denomina de Mestre. Durante a caminhada as pessoas que vão aparecendo pedem orações por intenções e o mestre toma nota e vão rezando.Cada Romeiro leva numa mochila com alguma roupa e comida, um xaile com que se agasalha, um lenço com que cobre a cabeça do frio ou chuva, um bordão e um terço.As pessoas entendem que a Romaria lhes marca as vidas, pela metanoia, mudança de vida, que ocorre. Já vem gente do continente. Do estrangeiro, emigrantes, vêm já com ranchos inteiros e tudo organizado.Quem quiser participar eu estabeleço "links". Por mim prefiro mais animar comunidades com o canto....Imaginem os que me conhecem...Mandem coisas lindas... Jorge Dias Publicada por Anónimo em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Terça-feira, Junho 12, 2007


Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem "Comentários": Adenda à Fotografia dos RomeirosAs romarias só ocorrem durante a quaresma. A duração da Romaria para cada rancho é de sete dias. Jorge Dias Publicada por Anónimo em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Quarta-feira, Junho 13, 2007


Tenho tentado comentar directamente no "blog", mas pelos vistos, alguma coisa falha, pois não vejo a "reprodução" dos textos.
De qualquer modo, estou muito contente com o facto de o nosso amigo Jorge Dias, com sua experiência e sabedoria, vir reforçar e enriquecer o nosso "blog". A par dos que já lá militavam, por certo que vai fazer acordar muita gente.
E essa gente tem mesmo de acordar enquanto há tempo. Caso contrário pode-lhe acontecer o que eu digo numa espécie de poema que ando a preparar com calma para mais tarde e que, no seu início, reza assim:
O TEMPO VELOZ CORREU,
À VOLTA DA MINHA VIDA....
E EU NÃO SEI O QUE LHE DEU
QUER ACABAR A CORRIDA...
É tudo por hoje.
Um grande abraço para todos.
José Moreira




Ena pá, isto é um espectaculo, afinal estamos mestres na coisa.inté dá pra brancalhar, quer dizer tornar as coisas claras.pf. rite antes de leres....ah...ah...ah... Publicada por Anónimo em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Quinta-feira, Junho 14, 2007
Tens razão, o arrazoado é mesmo muito grande. como bem dizes, o que escreveste serviria perfeitamente. Quanto á do bom "padre", deves estar enganado. De facto como és lebre , andas rá´pido e a tua instrução é célere. Bem hajas.... Publicada por Segredos em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Quinta-feira, Junho 14, 200 Será que não há engano e, em vez de uma lebre, não será um "láparo"?bem, em comes e bebes há que não se farte...vamos ver quem aparece para ver o que acontece.... Publicada por Anónimo em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Quinta-feira, Junho 14, 2007

Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem "COMO COMENTAR NO BLOG": Carríssimo,afinal perdemos um bom "padre". A "prática" ou "sermão" como queiras é demasido longa .Diz simplesmente: "Vai nos blog e nos O comments clica. Escreve no rectangulo e nos finalmentes,põe a bola no "other" e clica no fundo da página publish your comment. e verás logo o teu comentário. Teu amigo- Lebre Publicada por Anónimo em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Quarta-feira, Junho 13, 2007
Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem "ENCONTRO DO SAMEIRO - 2007": Uma grande fiferença no encontro deste ano será realizado por ti.Aparece disponível com os teus amigos.Só há lugar para:Boa disposição,conversa em dia e depósito bem cheio de "ComesBebestíveis".Um abraço da Lebre Publicada por Anónimo em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Quarta-feira, Junho 13, 2007
Anónimo deixou um novo comentário na sua mensagem "Viagem Às Origens - Destaques": Eu andei por lá?!... qual é a tua terra? Tu o dizes e eu acredito,mas porque não mandas um postal ilustrado para o "Mail" da nossa associação, assim, ajudavas a criar apetite a outros. Cumprimentos - domingos coelho(Guimarães) Publicada por Anónimo em Antigos Alunos da Ordem Carmelita a Quarta-feira, Junho 13, 2007

11 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Está a ficar animado de conteudo conteudo. Mas que bom. Dizem aqui os naturais da Covoada (freguesia de Ponta Delgada)quando as coisas estão como devem ser: "haja saúde"...Venha daí a poesia... jorge dias

14 junho, 2007 23:35  
Anonymous josimo said...

Normalmente, o português escrito e falado, não me cria grandes dificuldades (convém não esquecer que sou natural de uma pequena freguesia que já "forneceu" um ministro da educação a este país)mas, em todo o caso - e joga contra mim - nunca me sacrifiquei em demasia para saber sempre mais e melhor...(errei)
O que é que quero dizer?
Que os comentários (alguns) que leio, têm um "ar" de oriundos de quem percebe do "artigo" e sabe explanar as ideias; outros, no entanto, apresentam alguma "teoria da confusão", (um pouco ao estilo de Saramago)não sei se para não serem entendidos ou se para terem a intenção de apenas divertir...)
Até breve.
JOSIMO

15 junho, 2007 14:13  
Anonymous JOSIMO said...

Pelos vistos, à Segunda-Feira, está tudo na ressaca.
Então o fim de semana não deu para testar mensagens, criticar posições ou "inventar" pistas?
Não quero, de forma alguma, estragar tudo o que de interessaante hei lido nosúltimosdias neste espaço, mas gostaria de ver aqui os "artigos" de muita gente famosa.. que para minha felicidade até conviveram comigo.
refiro-me como é bom de ver - do que conheço - aos ex-deputados (!!!), aos sociólogos, psicólogos, asdvogados, professores universitários,etc, etc.
Para mim, é uma honra ter a oportunidade de confrontar pensamentos e de aprender - apesar dos meus 63 anos - com tante gente que soube e pôde ir mais além...
Até sempre
JOSIMO

18 junho, 2007 13:54  
Anonymous Anónimo said...

Boa Josimooo... dá-lhes que perderam a voz

26 junho, 2007 00:40  
Anonymous JOSIMO said...

Mas o estranho disto tudo é que, tendo nós ex-colegas (para mim, amigos)versáteis quanto baste, conhecedores profundos da mística do CARMELO, uns, do PARLAMENTO, outros (ou outro - bem tento, mas o indivíduo deve ter colete à prova de provocações...), não se dignem escrever umas coisitas sobre tudo o que tem sido dito.
Será comodismo?
Como diria um colonista cá do burgo no Diário do MInho: se assim é "boa bai ela"
Sigamos.-
JOSIMO

26 junho, 2007 14:57  
Anonymous jorge dias said...

Pois cá por São Miguel, quando se está mesmo a ver que a coisa está emperrada diz-se, "pois alevá". Mas vamos desemperrar isto... só que é como no fim de um tempo de guerra, quando voltava a abundância, não se podia comer muito porque se não morria-se não da fome, mas da fartura.O pessoal está a tomar fôlego...a digerir ideias. Não é mau sinal necessariamente...jorge Dias

27 junho, 2007 01:17  
Anonymous Anónimo said...

Mas às vezes a digestão é mesmo longa....
Será da digestão ou indigestão contemplativas?

10 julho, 2007 02:08  
Anonymous JOSIMO said...

Estou admirado com o silêncio dos CARMELITAS.
Na realidade, depois de tanto pugnarmos - eu e mais alguns - para que este "blog" seja uma espécie de jornal de parede da nossa "comunidade", chega-se à conclusão de que muitos,como diria o Augusto, apenas "cheiram" os textos e preguiçosamente ficam calados, aguardam que outros falem e não são capazes de dizer o que lhes vai na alma.
Tenho muito menos tempo de Carmelita - na Instituição - do que tantos que conheço e vou dizendo as minhas coisas.
Não entendo que outros, com muito mais para dizer, não queiram partilhar a parte das suas vidas que também nos diz respeito...
Será que ainda vai acontecer?
JOSIMO

27 julho, 2007 15:05  
Anonymous Anónimo said...

Apesar do meu provisório silêncio, por outros afazeres, também eles informáticos e internéticos, aqui vos deixo uma dica:
A um nível diferente de intelecção da espiritualidade, enquanto espiritualidade, e como que na concretização de muito do que o Cristo disse, durante a sua fulgurante passagem por esta terra dos homens, há um livro [Profecia Celestina de James Redfield] que pode dar muitas luzes a muito boa gente e ser uma parta para se entrar numa nova realidade, já anunciada por todos os místicos conhecidos, muito especialmente, João da Cruz e Teresa de Ávila.
Um grande abraço amigo do augusto

27 julho, 2007 18:18  
Anonymous jose moreira said...

Finalmente, vou de férias. Hoje é o meu último dia de trabalho - sou trabalhador no activo, a ajudar a equilibrar as contas desta desgraçada democracia - e espero regressar em forma para o meu último ano de actividade laboral.
Quero desejar a todos os que comigo têm terçado armas em prol da palavra neste blog que a disposição e a saúde os acompanhe, sempre.
Aproveito para, de modo especial me dirigir ao querido amigo Jorge Dias: que é feito de ti , psicólogo?.
Até sempre e sejam mais cooperadores deste nosso "jornal"...
Um abraço.
JOSE MOREIRA

14 agosto, 2007 13:56  
Anonymous JOSE MOREIRA said...

Fui e vim de férias e o marasmo continua.
Assim não dá gosto fazer comentários seja em que "blog" fôr.
Por mim, dou por encerrada a minha participação no espicaçar das gentes carmelitas.
O meu lugar - se assim se pode dizer - fica para quem tenha mais argumentos de sensibilizar "os povos".
Até sempre. Que a mística do Carmelo nos continue a iluminar.
Um abraço para todos.
JOSE MOREIRA

29 agosto, 2007 14:24  

Enviar um comentário

<< Home