Nome:
Localização: aaacarmelitas@gmail.com, Portugal

6 de maio de 2007

Viagem Às Origens - continuação...

Eu não conhecia, fiz-me à estrada e encontrei a terra que Deus criou e o Homem "embelezou". Tinha muito respeito e admiração pelas gentes do nordeste transmontano, hoje, porém, o meu respeito e admiração, multiplicaram 7x77. São, efectivamente,terras de "bravos" trabalhadores. Homens de "amor" que construíram um paraíso que eu não imaginava. Só agora começo a compreender o porquê dos meus antigos companheiros do Seminário Missionário Carmelita (transmontanos) terem tanto amor à sua terra. Pensava eu que a minha terra é que era bonita... como eu estava enganado. Se for capaz de contar a minha viagem à terra de muitos antigos companheiros meus, será uma simples homenagem a todos quantos comigo viveram na Falperra.
domingos coelho
Esta é a última parte, pois demo-la como terminada na Régua, sendo que, a partir daí foi viagem, sob chuva abundante, até casa.
Seguirão muitas mais fotos da viagem que se efectuou. Estamos a colocar as fotos do fim para o princípio para que as vejas do princípio para o fim.
Desejamos que, a partir daqui
Creio que é em São João da Pesqueira
Aspecto do Douro visto do alto da Montanha.


A aproximação à Régua, descendo para o rio Douro


O Douro e a sua Real Beleza...

Apreciando a paisgem tránsmontana.


Aproximação da barragem da Régua.


Na Régua: estávamos já de regresso!

4 Comments:

Anonymous Domingos Coelho said...

Como podes observar,passei à tua terra.A terra que te viu nascer é linda!Pensei encontrar-te para te dar um abraço,mas por motivos que que não interessam para aqui,foi-nos impossível dar-te um abraço.Encontrei o Casimiro em Bragança,como sempre recebeu-nos com simpatia "mais que nunca" a quem ficamos a dever mais "amizade".Em Mugadouro passamos na casa do Fernando Bartolo,que estando a recuperar de intervenção cirurgica não deixou de nos franquear as portas.As melhoras amigo,pois cumpri um antigo desejo conhecer um antigo aluno que "Nunca"esquece a sua associação.O "tempo" não ajudou,a encontrar outros que constavam da nossa agenda,mas teimosos como somos pode ser que na proxima te encontre.Já agora facilita-me a vida e envia-me o teu nº de telf. móvel ou fixo.Eu volto!... Domingos Coelho

07 maio, 2007 21:06  
Anonymous Anónimo said...

Augusto Castro, gostei imenso destas fotografias, que embora não sejam própriamente da minha terra, Carrazeda de Ansiães, são da minha zona.
Mas elas são uma demonstração, que embora Trás-os-Montes, continue a ser uma das regiões mais pobres e esquecidas de Portugal, algo se tem feito para se tentar alterar esta situação.
M Sampaio

02 junho, 2007 23:04  
Anonymous Anónimo said...

N�o h� palavras... que beleza. Sempre fico sem palavras quando vejo isto.

10 julho, 2007 02:46  
Anonymous Anónimo said...

Nunca deixei mde ser carmelita.Quero voltar!!!!!!tonton.fofinho@bol.com.br

27 fevereiro, 2008 11:31  

Enviar um comentário

<< Home